FRETE GRÁTISpara compras acima de R$ 149,90

Produtos Essenciais para o inverno com descontos incríveis!

Carrinho

logo Mantecorp

Imagem do post Como esfoliar a pele com segurança e praticidade?

Esfoliar a pele é uma das etapas mais importantes da rotina de cuidado com a pele, especialmente com o rosto.

Apesar de a renovação celular acontecer naturalmente, esse passo acelera o processo e ajuda a manter a pele com aparência jovial

Para que isso aconteça, no entanto, é preciso fazer a esfoliação corretamente, de forma segura, para que você tenha benefícios e não danos.

Quer entender mais sobre este assunto? Então, continue lendo este guia para descobrir o que é esfoliar a pele, quais os ganhos e como fazer. Vamos lá!

O que é esfoliar a pele? Por que o processo é importante?

De forma resumida, a esfoliação é um processo que estimula a renovação da pele

Em outras palavras, ao fazer a esfoliação, você retira as células mortas e abre espaço para que novas células ocupem o lugar.²

É uma forma de renovar e limpar mais profundamente a pele, retirando sujeiras, resíduos e secreções que obstruem os poros.²

Além de tirar a camada superficial que já está envelhecida, melhorando o aspecto geral da pele.²

A limpeza diária da pele, por mais importante que seja, não consegue oferecer todos os benefícios da esfoliação, principalmente esse estímulo de renovação celular.³

Por isso, esfoliar a pele deve ser um passo indispensável da sua rotina de cuidados com a pele para potencializar os resultados/efeitos dos outros produtos e tratamentos

Principais benefícios da esfoliação

Já deu para entender para que serve a esfoliação, não é? Agora, você vai conhecer os benefícios desse tratamento para a sua pele.

Melhora a textura da pele

Quanto mais lisa é a superfície da pele, mais jovial ela aparenta ser.²

No entanto, com o avanço da idade, manter a pele lisa pode ser desafiador e, mais cedo ou mais tarde, os sinais vão começar a aparecer.²

Naturalmente, a pele começa a perder a aparência saudável e o brilho, e isso é resultado de uma renovação celular menor.²

Ou seja, a pele passa a se renovar mais lentamente, e as células mortas começam a se acumular

O excesso de células mortas deixa a pele com aparência áspera, seca, sem viço e com os poros dilatados.²

E é aí que entra um dos grandes benefícios da esfoliação: ela ajuda a melhorar a textura da pele

Isso porque o procedimento retira o excesso de células mortas e naturalmente estimula a renovação celular. Assim, a pele deixa de ter a aparência áspera e fica mais polida, lisa e brilhante.²

Contribui para a hidratação da pele

Uma das vantagens de esfoliar a pele é a renovação celular, e isso consequentemente melhora a absorção de produtos hidratantes conferindo à pele, hidratação.²

Com a eliminação das células mortas e da desobstrução dos poros, os produtos usados em sua rotina de skincare são melhor absorvidos.4 Ou seja, só benefício, não é?

Com a pele profundamente limpa, ficam mais fáceis o cuidado e os tratamentos.

O que acontece se esfoliar a pele todo dia?

Certo, são muitas vantagens de incluir a esfoliação no cuidado com a pele, não é?

Porém, isso não quer dizer que você deve esfoliar a pele todos os dias. Muito pelo contrário: a esfoliação é um procedimento mais abrasivo, que pode deixar a pele mais sensível e ressecada

É importante lembrar que ela irá estimular a renovação celular, ou seja, irá retirar a camada superficial da pele para dar origem à outra; portanto, a deixará mais ressecada.²

Nesse processo, a pele estará mais vulnerável, com mais risco de desenvolver irritações e infecções.²

Com que frequência você deve esfoliar a pele?

Afinal, quando esfoliar a pele? Se esse não é um passo diário da rotina de skincare, como definir a frequência ideal?

Isso irá depender de alguns fatores, como:6

  • Orientação do seu dermatologista;
  • Orientação do próprio produto;
  • Tipo de esfoliante usado;
  • Seu tipo de pele.

Para pessoas com pele mais seca uma frequência interessante é uma vez por semana ou de 15 em 15 dias.6

Afinal, a pele seca é naturalmente mais sensível e ressecada, e a esfoliação muitas vezes na semana pode tirar a proteção natural do rosto e/ou ferir a pele.2,6

Já para quem possui pele mista ou oleosa, esfoliar a pele uma vez por semana é uma boa dica para manter a pele mais limpa.6

Também é importante observar como seu rosto reage ao procedimento. Algumas pessoas podem precisar de um intervalo maior para que a pele consiga se recuperar.6

Sintomas como vermelhidão e sensibilidade podem indicar uma maior sensibilidade cutânea. Nesses casos, vale a pena diminuir a frequência.6

Acima de tudo isso, lembre-se de sempre seguir a orientação do seu dermatologista.

Quais os melhores produtos para usar na esfoliação?

A esfoliação do rosto ou do corpo é feita com um esfoliante, um produto que contém micropartículas que causam a abrasão da camada superficial da pele.²

Também pode ser chamado de esfoliante um aparelho ou equipamento usado para esfoliar a pele, normalmente usado por profissionais.²

Existem diversos tipos de esfoliantes disponíveis no mercado, e você pode perguntar ao seu dermatologista qual o mais indicado.

Na hora de escolher o produto é preciso ficar atento ao seu tipo, pois existem esfoliantes químicos e físicos

Os dois tipos de produtos irão esfoliar sua pele, mas o uso de cada um será diferente, assim como a frequência.²

Esfoliante físico

O esfoliante físico é o tipo mais lembrado quando se fala nesse procedimento. É o produto com micropartículas que esfolia a pele por meio do atrito

Ou seja, você precisa fazer movimentos com os dedos, suavemente, para que os grânulos do produto removam as células mortas da pele.²

Também podemos chamar de esfoliante físico equipamentos como buchas e escovas esfoliantes

Tudo o que precisa de atrito com a pele para fazer a renovação é um esfoliante físico.²

Esfoliante químico

o esfoliante do tipo químico se assemelha a uma máscara facial. Ele não atua por meio do atrito, já que não tem micropartículas.²

Em vez disso, possui ativos ácidos em sua composição, que são os responsáveis por promover a esfoliação (descamação) da pele e estimular a renovação celular.²

Seu uso não tem segredo: basta passar o produto, esperar o tempo de ação e enxaguar.²

É fundamental seguir a orientação corretamente, pois sua esfoliação costuma ser mais intensa (devido à presença dos componentes ácidos) e pode causar danos se a aplicação for errada

Existem ainda os esfoliantes que são os dois tipos em um. Nesse caso, eles contam com as micropartículas, e após a massagem no rosto, a orientação é deixar o produto agir por alguns minutos antes de retirar.²

Em todo caso, somente o seu dermatologista pode dizer qual o produto ideal para você.

Por que você tomar cuidado ao esfoliar a pele?

Como vimos, apesar de ser um tratamento que pode ser feito em casa, incluído na rotina de skincare, ele é mais invasivo do que a limpeza normal com sabonete facial.6

Por isso, existem alguns cuidados ao esfoliar a pele que você precisa conhecer para ter benefícios com o procedimento, sem correr nenhum tipo de risco ou dano. Confira:

1. Modere a intensidade dos movimentos

As micropartículas presentes no esfoliante são as responsáveis pela limpeza da pele, e não a força dos movimentos.6

Lembre-se de que o produto já é abrasivo por si só. Logo, a massagem no rosto ou corpo deve ser suave para não ferir a pele.6

2. Respeite o tempo de uso

Se você estiver utilizando um esfoliante químico, em que basta aplicar e esperar, é indispensável manter um relógio ao lado para acompanhar o tempo de ação do produto, sem deixar ultrapassar o recomendado.6

Ficar com o esfoliante no rosto além do tempo indicado pode causar danos à pele.6

3. Deixe a pele úmida

Passar o esfoliante na pele seca irá danificar em vez de tratar.6

Por isso, não se esqueça de umedecer o rosto antes de usar o produto, se puder usar água morna, melhor, pois, ajuda a abrir os poros.6

De preferência, faça a esfoliação com a pele limpa.6

Receitas caseiras para esfoliar a pele estão liberadas?

Você provavelmente já viu por aí alguma receita de esfoliante caseiro circulando na Internet.

Talvez até mesmo uma amiga tenha compartilhado com você alguns ingredientes para esfoliar a pele.

Mas, será que essas receitas são eficientes para esfoliar o rosto?

Como o objetivo do procedimento é tratar a pele, o mais indicado é utilizar produtos formulados para isso.

Alguns ingredientes das receitas caseiras, como o açúcar, podem agredir a pele. Afinal, o esfoliante possui micropartículas menores que um grão de açúcar, próprios para fazer uma esfoliação suave.

Assim, além de ser maior, portanto, mais agressivo, a depender da força empregada durante a esfoliação você pode machucar seu rosto.

Por isso, a recomendação é sempre procurar um dermatologista para tirar suas dúvidas e descobrir qual o produto mais seguro para o tratamento.

Quais os cuidados pós-esfoliação?

Agora que você já sabe quais os cuidados durante a esfoliação, chegou a hora de descobrir quais os cuidados após o procedimento.

Como vimos, após o tratamento a pele tende a ficar sensível, sendo necessário alguns cuidados para recuperá-la.

O principal deles é manter a hidratação do rosto, o que irá ajudar a recuperar a barreira cutânea.4,6

Além disso, se você optar por esfoliar a pele pela manhã, não pode esquecer o protetor solar (que deve ser usado diariamente, mas principalmente após o procedimento)6.

Evitar a exposição solar direta é importante, pois, a radiação solar pode ter um efeito mais agressivo na pele sensibilizada.6

Por fim, também é importante evitar o uso de produtos ácidos após o procedimento. Afinal, a esfoliação já irá estimular a renovação celular, e usar um segundo produto com o mesmo objetivo pode sobrecarregar a pele.

Dicas para esfoliar a pele com segurança

Para fechar este guia com chave de ouro, nada melhor do que conferir algumas dicas para fazer o procedimento de forma segura.

A seguir, veja quais cuidados você deve ter ao esfoliar a pele do rosto e corpo.

Vale lembrar que essas dicas não substituem as instruções de uso do produto, nem a recomendação do seu dermatologista!

Como esfoliar o corpo?

Apesar de a esfoliação no rosto ser mais falada, outras partes do corpo também podem se beneficiar com essa prática.

Esfoliar o corpo tem o mesmo objetivo do rosto: remover células mortas e estimular a renovação da pele.6

Além disso, o tratamento melhora a textura da pele, um benefício interessante especialmente para regiões como o pescoço, colo e pernas.²

Para fazer a esfoliação, o mais comum é o uso do esfoliante físico, que pode ser desde um produto esfoliante próprio para o corpo, como equipamentos como buchas e esponjas.6

Você também pode usar um sabonete para esfoliar a pele durante o banho.6

Em todo caso, você deve umedecer a região antes de aplicar o produto, massagear suavemente e depois enxaguar completamente.6

Como esfoliar a pele do rosto?

A esfoliação do rosto segue um passo a passo semelhante ao procedimento no corpo.

Uma dúvida comum sobre a esfoliação do rosto é se precisa lavar o rosto antes de esfoliar, e sim, o ideal é que a pele esteja limpa antes do procedimento.6

Uma dica interessante é higienizar o rosto em água morna, pois, ajuda a abrir os poros e preparar a pele para receber o produto.6

Você pode usar tanto um esfoliante quanto um sabonete próprio para o rosto para esfoliação da pele. Em ambos os casos, lembre-se de fazer movimentos suaves para não machucar a pele.6

Depois, basta enxaguar o produto com água em abundância.

Uma dica de sabonete para esfoliar a pele é o Ivy C sabonete da Mantecorp Skincare.

Ele pode ser usado no rosto, pescoço e colo, têm esferas com suave ação esfoliante e possui vitamina C em sua formulação, promovendo uma ação antioxidante.

Além disso, o sabonete Ivy C contém ácido glicólico, ácido hialurônico e aloe vera, ativos que preservam o equilíbrio natural da pele.

Quer saber mais sobre o nosso sabonete líquido facial esfoliante? Clique aqui e confira!